RETROCESSO            

Tribunal nega pedido para acabar com touradas em cidade da França

O pedido feito pela Sociedade para a Proteção dos Animais dizia que a prática é "chocante e bárbara"            
Pixabay

Um tribunal francês negou o pedido da Sociedade para a Proteção dos Animais (SPA) que reivindicou pelo fim das touradas em Nimes, França. A sessão ocorreu na última segunda-feira (26).

Segundo o veículo Multinews, o grupo, a favor dos direitos dos animais, interpôs um processo em tribunal contra a organizadora de touradas Lea Vicens e a cidade de Nimes, conhecida pela sua tradicional corrida de touros.

O SPA alegou em queixa que a prática é “chocante e bárbara”, mas o tribunal local negou mais uma vez a demanda e condenou o grupo a pagar quatro mil euros em custas legais.

O grupo já tentou inserir casos em várias cidades onde há tourada, como em Dax, Carcassonne, Bayonne ou Béziers, mas não teve sucesso até o momento.

A França tem duras leis contra a crueldade animal, mas a corrida de touros continua autorizada em algumas regiões.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo