INVERNO            

Galo deita em frente a aquecedor para se esquentar em dia frio no Paraná

Tratado com muito carinho pela tutora, o galo tem dormido dentro de casa para não passar frio            
Foto: Arquivo pessoal/Elly Astrid

Um galo chamou a atenção de seus tutores ao deitar em frente a um aquecedor para se esquentar durante um dia de frio intenso em Ponta Grossa, no Paraná. Na quinta-feira (29), a cidade registrou a -4,3ºC, tendo sido o segundo município com a menor temperatura do estado.

Zé Augusto, como é chamado o galo, é tratado como membro da família. Com apenas oito meses de vida, ele é cuidado com muito amor pela tutora Elly Astrid, que resolveu deixá-lo entrar em casa por conta do frio extremo.

Outro lugar frequentemente procurado por Zé é o fogão a lenha. Por ser quente, o equipamento de cozinha também fica rodeado pelos dois cachorros e pelo gato da família.

“Eles [os animais] em teoria ficam do lado de fora, mas agora é muito frio, eu fico com dó e deixo entrar. E eles procuram o lugar que é mais quentinho para se aquecerem”, contou Elly ao G1.

Os cães e o gato, segundo a tutora, são “irmãos” de Zé Augusto e todos vivem em perfeita harmonia. No quintal, cada um tem uma casinha, inclusive o galo. Ao anoitecer, os abrigos são carregados para dentro da residência para que os animais fiquem protegidos do vento.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo