SAUDADE            

Cachorro fica triste e passa horas em varanda esperando tutor voltar do trabalho

Toby e seu tutor são inseparáveis e, por isso, é difícil para o cachorro ficar longe de seu amigo humano            
Reprodução/Air.TV/spaik_toby

Um cachorro que mora no Peru passa horas na varanda de sua casa à espera de seu tutor. Todos os dias, quando o homem sai para trabalhar, Toby se entristece e passa a viver em função de reencontrá-lo.

Com saudade, Toby encosta a cabeça na mureta da sacada e fica olhando para a rua esperando o momento em que seu tutor aparecerá novamente. A atitude do cachorro chamou atenção nas redes sociais após fotos viralizarem.

O dia vai passando, o anoitecer se aproxima e Toby continua na sacada. A tristeza do animal é tamanha que ele chega a uivar na tentativa de chamar a atenção de seu tutor, sem saber que o rapaz está longe demais para ouvi-lo.

E embora não fique sozinho, o cachorro nunca está satisfeito com a companhia do outro cão da casa, Spaik, tampouco com a presença do restante da família. Para ele, nada mais importa além da espera por seu humano favorito. Considerado um cão amigável e tranquilo, ele gosta mesmo é da amizade que construiu com seu tutor.

E quando o rapaz finalmente chega do trabalho, Toby fica eufórico, pula, faz festa e demonstra o quanto o ama. Inseparáveis, eles costumam sempre passar as horas vagas juntos, inclusive durante passeios em parques e praias.

Ansiedade de separação

Não são apenas os humanos que sofrem de problemas psicológicos, cachorros e gatos também podem desenvolvê-los. Um dos mais comuns é a ansiedade de separação. Extremamente apegados aos tutores, os animais diagnosticados com esse transtorno psicológico sofrem quando precisam ficar sozinhos.

O sentimento de solidão e a saudade que sentem da família fazem com que eles se sintam ansiosos, o que pode levá-los a desenvolver um comportamento destruidor.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo