BONDADE            

Tartaruga bebê fica presa em rede de pesca e é salva por velejadores

           
Foto: Reprodução | YouTube

Os resíduos que despejamos nos oceanos e cursos de água do planeta (cerca de 8,8 milhões de toneladas por ano, para ser exato) têm sérias implicações para os animais marinhos. Cerca de 700 espécies marinhas estão em risco de extinção devido aos grandes volumes de plástico que acabam por ingerir ou se enredar. Mesmo enormes animais marinhos, como as baleias sei e cachalotes, morreram por causa do nosso lixo.

Captura acidental, um termo usado para descrever animais marinhos não direcionados como tubarões, golfinhos, botos e tartarugas, que muitas vezes acabam sendo capturados por redes de pesca, também é um problema grave. A World Wildlife Foundation estima que a captura acidental responde por 40 por cento de todas as capturas marinhas globais. Todos os anos, cerca de 300.000 baleias, golfinhos e botos tornam-se fatalmente emaranhados em equipamentos de pesca, enquanto cerca de 250.000 tartarugas marinhas são acidentalmente capturadas, mortas ou feridas por pescadores.

Com isso em mente, você com certeza respirará um suspiro de alívio pela tartaruga deste vídeo, que teve a sorte de ser salva de uma rede de pesca graças a humanos bondosos. As pessoas estavam em um passeio de barco perto das Maldivas quando a tartaruga bebê se aproximou delas, claramente precisando de ajuda. Felizmente, eles conseguiram remover a rede com facilidade e colocá-lo de volta na água.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo