SURPREENDENTE

Cão em estado terminal se recupera após receber amor pela primeira vez

Cercado de amor e muitos cuidados, cachorro consegue se recuperar de estado considerado terminal            
Foto: The Dodo Pittie Nation, Saint’s Story

Um caso muito emocionante ocorreu com um pit bull resgatado de uma área de acampamento para moradores de rua. O cão dificilmente tinha algo para se alimentar e nunca havia tido o cuidado de um veterinário antes.

Quando encontrado, o cachorro, que recebeu o nome de Saint, estava repleto de parasitas, muito fraco e com a magreza aparente, a ponto de ser possível ver seus ossos. Estava tão doente que ao ser analisado por veterinários foi considerado que morreria em poucos meses, e designado para uma situação paliativa (hospice care), o qual, nos Estados Unidos, profissionais são contatados para promover o melhor conforto possível para pacientes em situações terminais.

Heather foi quem ficou responsável por dar todos os cuidados para o cachorro em seus últimos meses de vida. Ela o acolheu em sua casa e o tratou como membro da família. Segunda ela, em entrevista dada ao canal The Dodo Pittie Nation, Saint não conseguia se locomover direito, não possuía força suficiente para ficar em pé e fazer suas necessidades, e não conseguia comer. Heather o auxiliava em todos os processos, o colocando em pé, alimentando-o e tudo o que era possível para trazer conforto ao canino.

Aos poucos, Saint foi surpreendendo a todos. Com muita força de vontade, e cercado de muito amor e carinho, o cachorro começou a mostrar sinais promissores de melhora. Começou a se locomover melhor e a ficar em pé, e dentro de duas semanas já estava andando sozinho, interagindo com a família e seus novos irmão caninos.

Foto: The Dodo Pittie Nation, Saint’s Story

Infelizmente, Saint continuou sem se alimentar, mas a família tentou um último recurso para faze-lo ganhar peso e força. A solução foi frango assado. O cachorro passou a comer toda sua tigela de frango assado, enchendo o coração da família de esperança.

As calorias fizeram toda a diferença e a cada dia que passava Saint ficava melhor. Não demorou muito para começar a brincar, correr na praia, e pedir carinho para Heather e sua família, se mostrando um cachorro muito carinhoso.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com