Protestos na Austrália ajudam a promover o documentário vegano “Dominion”

Ativistas que saíram às ruas esta semana carregavam cartazes convidando os transeuntes a assistirem “Dominion” (Foto: Andrew Henshaw)

Embora os protestos realizados esta semana por ativistas dos direitos animais na Austrália tenham dividido opiniões, o documentarista australiano Chris Delforce tem motivos para comemorar.

Depois de “Earthlings” ou “Terráqueos”, de Shaun Monson, com narração de Joaquin Phoenix, se tornar uma referência mundial em protestos internacionais, os ativistas australianos decidiram usar um filme mais recente e produzido nacionalmente para chamar a atenção para a realidade dos animais criados para consumo.

“Dominion”, que também conta com a produção de Monson, mas é dirigido por Chris Delforce, capitalizou grande parte da atenção nos protestos em Melbourne e em localidades como Bacchus Marsh, Corio, Pakenham e Toowoomba, nos estados de Victoria e Queensland.

O motivo é que os ativistas que saíram às ruas esta semana carregavam cartazes convidando os transeuntes a assistirem “Dominion”, que completou um ano de lançamento.

Apesar da ação que bloqueou temporariamente o trânsito em alguns cruzamentos ter deixado algumas pessoas bem irritadas, inclusive o primeiro-ministro Scott Morrison, em menos de dois dias o documentário disponibilizado no YouTube ganhou mais 55 mil visualizações – agora se aproximando de 559 mil.

O que significa que os protestos que incluíam cantos a favor da libertação animal despertaram a curiosidade de um número bem significativo de pessoas. “Dominion” é a continuação do documentário de longa-metragem “Lucent”, de 2014.

“Lucent” se concentra principalmente na indústria australiana da suinocultura, já “Dominion” é bem mais abrangente – mostrando relatos e registros das mais diferentes formas de uso e abuso dos animais.

Com duas horas de duração, o documentário explora seis facetas primárias da relação humana com os animais – animais de companhia, vida selvagem, pesquisa científica, entretenimento, vestuário e alimentos. A partir daí, se propõe a questionar a moralidade e a validade do nosso domínio sobre o reino animal.

Caso queira assistir, o filme está disponível com legendas em português:

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com