Recifes protegem peixes dos impactos das mudanças climáticas

 

Foto: Katina Rogers/Flickr

“Estamos observando mudanças nas populações locais de peixes do recife devido ao aquecimento das temperaturas dos oceanos, particularmente nos países caribenhos que estão mais próximos ao equador, como Trinidad e Tobago”, declarou Ravi Maharaj, autor e candidato ao Ph.D no Instituto para os Oceanos e Pescas.

A pesquisa analisou o tamanho dos recifes nas zonas econômicas exclusivas (ZEE) – estimado a partir de imagens de satélite – de nove países do Caribe e verificou o impacto do aumento da temperatura oceânica sobre os peixes. Os pesquisadores analisariam como o tamanho do recife pode controlar esses impactos.

Por meio de informações da temperatura da água do mar e de registros de pesca que remontam à década de 1970, foi revelado que o Mar do Caribe está aquecendo e os peixes que gostam de temperaturas mais frescas têm diminuído. A alteração nas composições dos peixes foi mais lenta em países com recifes de corais maiores em comparação com países com recifes menores, segundo o Phys.

Os especialistas acreditam que as mudanças na comunidade de peixes podem diminuir de 30% a 80% caso as regiões de recifes sejam dobradas. Isso ressalta a eficácia potencial das intervenções que podem manter e restaurar os habitats de recifes para diminuir os impactos climáticos sobre os peixes.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com