Comentarista da CNN afirma que comer cachorro faz bem ao meio ambiente

           
John Sutter (Foto: Reprodução / CNN)
John Sutter (Foto: Reprodução / CNN)

O famoso comentarista da CNN John Sutter comprou uma briga com a internet mundial por conta de uma opinião polêmica. Em um artigo publicado na última terça (23), John afirma que comer carne de cachorro não é uma atitude ruim e isso pode inclusive salvar o meio ambiente.

Segundo ele, alimentar-se de cães deveria ser tão aceitável quanto comer porco, outro animal tão inteligente e sentimental quanto cachorros.

Comer cães é um hábito comum em países asiáticos, como China, Vietnã e Laos. Existem restaurantes que servem a carne de cachorro e feiras que comercializam os animais ainda vivos para o abate.

Colunista banaliza exploração animal (Wikipedia/ Liooneel)
Colunista banaliza exploração e sofrimento animal (Wikipedia/ Liooneel)

De acordo com os dados levantados por John Sutter, mais de 1 milhão de cães sofrem morte induzida todos os anos nos Estados Unidos. Segundo ele, alimentar-se desses cachorros seria uma forma sustentável de reaproveitar os nutrientes da carne.

Fonte: R7 / Blog do BG

Nota da Redação:  É lamentável que um profissional formador de opinião utilize veículos de comunicação em massa para disseminar e incentivar atos covardes e cruéis.  Comer carne de cachorro é tão injustificável quanto a de qualquer outro animal.  O ideal, em uma sociedade ética, é que emissoras de grande alcance como a CNN, abrissem espaço para divulgar o trabalho de organizações sérias que trabalham diariamente por uma sociedade mais humanizada e livre da exploração de outros seres.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo