Empresa colombiana retira animais das vitrines por pressão dos clientes

           

Por Helena Barradas Sá (da Redação)

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Besouros, morcegos e tartarugas eram exibidos, até pouco tempo atrás, nas lojas Cachivaches, famosas por vender artigos de decoração exclusivos. As informações são do El Tiempo.

Os próprios clientes se sentiram incomodados ao ver, nas prateleiras, esses animais dissecados sendo comercializados.

De acordo com Juan de la Espriella, representante legal da empresa, a decisão de começar a retirar os animais das lojas foi voluntária. “Para nós, o mais importante é o que nossos clientes pensam”. Por esta razão, entregaram 545 animais à Secretaria de Meio Ambiente sem pestanejar. Os animais eram oriundos dos Estados Unidos.

Apesar disso, a Secretaria do Meio Ambiente dará entrada a um processo contra a empresa por comercializar estes animais.

A decepção dos clientes foi tanta que eles começaram a encher as redes sociais com mensagens de rejeição e indignação. “Passaram a criticar a existência de colares, pesos de papel e chaveiros com animais como tartarugas, aranhas, morcegos, escorpiões, borboletas, centopeias, caranguejos, cigarras, vespas e até estrelas do mar e cavalos-marinhos”, explicou o representante da empresa. Depois dessa movimentação, autoridades colombianas deram início à operação, mas, ao chegar a cinco lojas da rede, comprovaram que os animais já haviam sido retirados.

Como a empresa não havia considerado as autorizações exigidas por lei, a investigação continuará. Mesmo assim, os representantes da rede Cachivaches entregaram os comprovantes de tutela dos animais e as permissões de criação, importação e exportação emitidas pela Agência Federal de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos.

Espriella disse que “Cachivaches reconhece a manifestação dessas pessoas sensíveis e que respeitam os animais e o meio-ambiente. Os nossos clientes nos levaram a refletir sobre a probabilidade de estarmos, sem querer, infringindo os direitos dos animais”.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo