Para atender liminar e continuar em condomínio, Fred é castrado

           
Foto: Reprodução/EP Ribeirão

O cachorro vira-lata que conquistou o direito de morar em um condomínio, no bairro Jardim Independência, em Ribeirão Preto, SP, foi castrado na manhã desta quinta-feira (27). Essa era a última condição exigida pela Justiça, para garantir a liminar que concede a permanência de “Fred” no local.

Veja as fotos do cão Fred no condomínio.

A decisão foi baseada na Lei Estadual n.º 12.916/08, conhecida como lei do cão comunitário – aquele que não tem um dono especifico, mas é cuidado por vários moradores. O pedido foi solicitado pela moradora Eliana Aparecida Grisola, nomeada “cuidadora oficial”.

De acordo com a veterinária Dayse de Oliveira, Fred não demonstrou sinal de agressividade e, ao ser levado para castração, ficou bastante acoado. Ela explica que, de forma geral, a castração pode deixar os animais mais calmos e dóceis. “Essa história de que o cachorro fica triste é mentira. A mudança nos hormônios faz com que ele deixe de brigar com outros cães por território e não procure fêmeas no cio”, afirma.

Condomínio contesta liminar

O advogado que representa o Residencial Primavera afirmou nesta quarta-feira (26), que vai entrar com um pedido de revogação da liminar. Segundo Luis Otávio Dalto de Moraes, cerca de 20 reclamações já foram registradas no livro de ocorrências do condomínio.

A advogada da Associação Vida Animal (AVA), Viviane Alexandre, que entrou com a ação na Justiça, enfatizou que Fred não coloca em risco a saúde dos moradores. “Ele já está vacinado e a castração, que estava agendada pelo CCZ [Centro de Controle de Zoonoses], foi antecipada pela AVA, para que todas as exigências fossem cumpridas”, diz.

Moraes enfatiza que o objetivo não é expulsar o cão, mas deixar as obrigações sob a responsabilidade da cuidadora. “O condomínio não proíbe o cachorro. Proíbe ele de circular livremente na área comum”, declarou.

Fonte: EP Ribeirão

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo