SALVAMENTO            

Corpo de Bombeiros de Minas Gerais resgata cão em casa alagada até o teto

           
Foto: Arquivo pessoal | Pedro Aihara

O corpo de Bombeiros de Raposos, na região metropolitana de Belo Horizonte, resgatou dois cães que ficaram em situação de risco depois que temporais atingiram a região.

Um dos animais ficou ilhado no telhado e o outro preso dentro de uma loja. O tenente Pedro Aihara precisou usar equipamentos de mergulho para acessar o cãozinho que estava dentro do estabelecimento inundado. O cachorro estava boiando em cima de uma estrutura de madeira.

Imagens feitas por uma câmera acoplada a roupa do tenente, mostram o animal no momento do resgate todo molhado e muito assustado com a situação.

O prédio de 4 metros de altura, estava tomado pela água até o teto, recorda Aihara. O salvamento durou cerca de três minutos. “Foi um pouco complicado, porque o cachorro estava agressivo, tentando me morder. Sem falar que os postes elétricos ainda estavam energizados e que haviam muitos caramujos, gerando o risco de esquistossomose. Estava um cenário bem arriscado no geral, mas graças a Deus deu tudo certo”, conta o bombeiro.

As enchentes que atingiram Raposos foram causadas pelo aumento do nível do rio das Velhas, que corta a cidade. A ponte que liga dois lados do município foi alagada e alguns bairros ficaram ilhados. Segundo a prefeitura, 11 mil pessoas estão desabrigadas. A cena vem acontecendo com frequência na região metropolitana de Belo Horizonte, no último mês.

“Nos deslocamos para Raposos para resgatar os ilhados. Havia pessoas acamadas. A gente precisava passar para o outro lado para o atendimento médico, e está sendo muito difícil realizar os salvamentos. “, finaliza Pedro Aihara.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo