ABUSO ANIMAL            

Ativistas protestam contra a exploração de pôneis em passeios

Segundo a organização, os animais trabalham no calor e sem beber água            
Foto: Griffith Park

O grupo em defesa dos direitos animais Los Angeles Alliance for Animals (LAAA) realizou um protesto contra os passeios de pônei no Griffith Park. Segundo a organização, o local está violando as leis de bem-estar animal colocando os animais para trabalhar. O grupo exige que os passeios sejam proibidos.

De acordo com One Green Planet, a grande preocupação da organização são os 16 pôneis que estão sobrecarregados e continuam a trabalhar em um calor de 32 graus e sem beber água. Um dos animais está com um problema nas patas, mas é obrigado a continuar trabalhando.

Foto: Griffith Park

A Los Angeles Alliance for Animals diz que as leis de bem-estar animal são sempre ignoradas pelo operador de passeios, e que o tratamento horrível que os animais recebem não se alinha com os valores da cidade. Los Angeles já baniu a pele animal e a presença de animais selvagens em festas particulares.

Em resposta à organização, o parque declarou que são inspecionados regularmente e que os animais são tratados por veterinários. No entanto, esse tipo de atividade está desatualizada e deveria ser removida dos parques, já que coloca esses animais em perigo além de deixá-los cansados de forma física e mental. Para ajudar, você pode assinar a petição pedindo a proibição desse tipo de passeio aqui.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo