IMPUNIDADE            

Morre cão esfaqueado após desentendimento entre vizinhos no Amapá

           
Foto: Polícia Civil | Divulgação

A Polícia Civil confirmou na última quarta-feira (24) a morte do cãozinho que foi apunhalado após uma briga entre vizinhos numa vila ribeirinha no município de Oiapoque, no norte do Amapá

Chiclete, como era conhecido o animal nas redondezas, levou uma facada nas costelas durante um desentendimento. Ele foi socorrido e transferido para uma unidade de atendimento veterinário em Macapá, onde chegou a passar por cirurgia. Infelizmente, o animal não resistiu aos ferimentos e morreu nessa terça-feira (23).

Em mais um caso que expressa a impunidade da lei diante de agressores e assassinos de animais, o autor do delito não sofreu as sanções compatíveis a gravidade do caso. “O homem foi solto no dia seguinte ao crime após pagar uma fiança de mil reais e está respondendo o processo em liberdade. Estamos aguardando o laudo médico veterinário para oficializar no procedimento”, relatou o delegado Charles Corrêa para o portal G1.

Segundo o delegado, que foi o responsável pela prisão do infrator, o cão estava sob cuidados intensivos na clínica, após a cirurgia de emergência, quando teve um mal súbito e faleceu. Corrêa ainda acrescentou que o homem que responde em liberdade, pode ter a pena modificada a qualquer momento em decorrência da morte do animal.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo