FINAL FELIZ            

Cão abandonado tem a vida transformada ao ser tirado da rua: ‘Um cachorro muito especial’

Chico conquistou o coração da família que o resgatou e vive feliz há dois anos em seu novo lar            
Foto: @fercesarphotos

Resgatado há quase 2 anos no Lago Norte, região administrativa do Distrito Federal, o cão Chico viveu uma verdadeira transformação após ser retirado das ruas. Hoje, ele vive feliz na companhia da fotógrafa Renata Souza, de 28 anos.

Renata voltava para casa na companhia da mãe, após uma aula de pilates, quando viu Chico em uma rotatória. Preocupada com o animal, que era apenas um filhote, ela decidiu levá-lo para casa. “Eu já resgatava cachorros na rua de vez em quando. Quando eu não conseguia achar o tutor, colocava para adoção”, contou ao portal Metrópoles.

Chico tinha cerca de cinco meses de idade quando foi resgatado. “Me aproximei devagar para ele não se assustar. Quando eu me abaixei, ele veio correndo direto para os meus braços”, disse.

“Nesse momento deu para sentir que era um cachorro muito especial”, completou. Embora aparentasse estar saudável, o cachorro estava sujo e repleto de pulgas. “Eu percebi que ele devia ter sido abandonado ou já era um cachorro em situação de rua”, comentou.

Foto: @fercesarphotos

Num primeiro momento, Renata tentou encontrar um lar para o cachorro, mas como não conseguiu, decidiu adotá-lo. Hoje, ele é o xodó da família e conquistou até mesmo o namorado de Renata, o videomaker Hugo Moreira, de 27 anos. “Ele veio conhecer e ficou apaixonado”, disse a fotógrafa.

“Ele é o rei da casa, senta na poltrona, age como se fosse uma pessoa. Ele é um cachorro muito bonzinho e carinhoso. A gente tem uma ligação muito forte”, acrescentou.

Hugo concorda que o cachorro é muito especial. “Deu para perceber quando eu olhei para ele e olhei para ela. Ele entende o carinho que recebe e o que ele passa, é recíproco”, contou o videomaker. “Desde que nos conhecemos, ele sempre foi dado”, concluiu.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo