CONSCIÊNCIA            

TED é elogiada por apresentar um menu 100% vegano em sua primeira conferência climática

Alimentos de base animal podem ter um “impacto devastador no meio ambiente”, diz a ONG Species Unite            
Foto: Reprodução | Plant Based News

A popular organização, TED, que compartilha variadas mídias online, realizou sua primeira cúpula climática presencial, e o menu do evento foi totalmente vegano, o que provocou elogios por parte de grupos protetores dos animais e ativistas climáticos.

Fundada há 37 anos atrás, a TED amplifica as vozes interiores de líderes de diversos setores ao redor do globo, e faz isso publicando palestras online com 18 minutos ou menos de duração. Estas palestras abrangem tópicos variados como: sociedade, política, ciência, cultura e temas acadêmicos.

No total, os vídeos do canal da TED no YouTube foram visualizados mais de 2 bilhões de vezes.

Somado a isto, vídeos produzidos pela TEDx alcançaram quase 6 bilhões de visualizações. A TEDx não é controlada pela TED, mas segue o mesmo formato e recebe orientações da última.

A Cúpula da Contagem Regressiva (Countdown Summit)

A recente conferência sobre o clima organizada pela TED, a Cúpula da Contagem Regressiva, uniu centenas de líderes em Edimburgo, na Escócia. Líderes de tribos indígenas, políticos, empreendedores, governantes, cientistas, artistas, filantropos e jovens ativistas compareceram ao acontecimento.

Na Cúpula, foi discutido o que precisa ser feito para proteger e recuperar o planeta, e isto incluiu a criação de um modelo que mostra o caminho para um futuro “Net Zero”.

Em 30 de outubro, um evento virtual do YouTube vai mostrar os destaques da conferência, e por todo o restante do ano, centenas de eventos de Contagem Regressiva da TEDx irão ocorrer para ampliar o efeito e manter atualizado o que foi discutido na Cúpula.

Menu vegano

O menu composto inteiramente de produtos vegetais foi perfeito para este encontro, que teve o foco na sustentabilidade.

“O impacto devastador da pecuária intensiva no meio ambiente não pode ser ignorado: 14.5% a até 16.5% de todas as emissões de gases estufa induzidas por seres humanos vêm desta fonte, competindo com as taxas de todo o setor de transporte,” disse Elizabeth Novogratz, Diretora Executiva da Species Unite.

“Estudos mostram que a redução do consumo e da produção de carnes e laticínios é uma das ações mais eficientes que podemos tomar para evitar a catastrófica mudança climática.”

Novogratz também apontou que além de afetar a saúde humana e animal, alimentar-se de produtos de base animal é a “principal causa” da maior parte dos problemas ambientais que já estamos presenciando.

Estes problemas ambientais aparecem na forma do “deslocamento em massa de comunidades vulneráveis, escassez de alimentos em muitas partes do mundo, nível crítico de destruição de habitats, poluição da água e extinções de animais em larga escala,” ela disse.

Novogratz acrescentou: “Nós parabenizamos a TED por dar ouvidos à ciência e servir alimentos veganos e ecologicamente corretos em sua conferência do clima. Eles mandam uma mensagem clara ao mundo de que estão levando a sério a luta contra os impactos catastróficos da pecuária no planeta.”

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo