SEGURANÇA            

Foca resgatada cria vínculo de amor e gratidão com salvadores

           
Foto: Divulgação

Na primavera de 2016, um filhote de foca-anelada Ladoga foi encontrada após se rastejar até um homem que estava pescando no Lago Ladoga perto da aldeia de Sviritsa. Por estar no gelo há algum tempo, o animal teve uma pequena ulceração na parte inferior do corpo.

O pescador levou o bebê para a praia e em seguida o levou ao Centro de Reabilitação de Mamíferos Marinhos. A foquinha pesava apenas quatro quilos. Ele subia nos braços e tentava ganhar abraços das pessoas e se comportando de forma muito atípica, apesar seu amor ilimitado pelas pessoas, Kroshik (carinhosamente chamada) precisava voltar ao mar.

Em 2016, em uma viagem gratuita, a foca mergulhou na água por 15 minutos e voltou, então decidiram libertar Kroshik em um ano, antes disso, deixando-a crescer um pouco na esperança que ela se tornasse mais independente. Para que ele começasse a desapegar das pessoas, os trabalhadores falavam com ele rudemente e não coçavam sua barriga.

Foto: Divulgação

No verão de 2017, ela foi liberada novamente, mas após três semanas Kroshik voltou e agora mora no Centro, ele tem peixes, uma piscina, brinquedos e carinhos intermináveis na barriga e vivendo da forma que escolheu e ao lado das pessoas que o salvaram da morte.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo