APELO POR AJUDA            

Mantenedouro abriga mais de 400 animais silvestres em Santa Maria (RS)

           
Foto: RBS

O Mantenedouro São Braz, de Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, hoje abriga, e também trata mais de 400 animais silvestres, entre eles macacos, pássaros, ursos e espécies ameaçadas de extinção.

A instituição conta com voluntários que auxiliam no cuidado dos animais. Segundo a instituição, a maioria dos animais que vivem no local sofreram algum tipo de violência humana.

“Os animais que ficam aqui são aqueles que realmente querem um cuidado mais direto, mais especial, intensivo. É como se eles estivessem em um hospital e a gente está sempre na volta deles”, explica a zootecnista voluntária, Mariângela Facco.

Ficando abrigados no local até poderem retornar a seu habitat, o local precisa de doações para manter atendimento e construir espaço físico adequado.

Segundo o portal G1, a instituição também conta com veterinários, biólogos e zootecnistas, grande parte de forma voluntária. Para a continuidade do trabalho, é preciso buscar ajuda para a construção de um ambulatório.

“Com o ambulatório eles não vão precisar ir pra clínica, podem ser atendidos imediatamente aqui”, destaca o criador do mantenedouro, Santos Braz.

Mais de 100 animais, atualmente precisando de um cuidado intensivo, conforme a instituição, quando os órgãos ambientais levam o animal machucado para o local, a equipe precisa se encarregar da logística para encaminhar o animal para uma clínica veterinária.

“Todo aquele que tem condições, a gente pede aos órgãos ambientais que devolvam imediatamente, especialmente no local de origem dele depois de ser tratado, cuidado, por isso a importância de um ambulatório. É a presença de um veterinário aqui, no atendimento imediato, na hora, quando precisa né”.

O São Braz precisa de doação de materiais de construção ou ajuda em dinheiro, para começarem a construir um ambulatório no local. Interessados em ajudar, podem acessar a página da instituição no Facebook ou no Instagram.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo