RECOMEÇO            

Cachorrinha tem vida transformada após ser resgatada das ruas

           
Foto: Divulgação/ Refugio Patitas Sin Hogar

No início de agosto de 2020, a cachorrinha Leia foi resgatada das ruas da comuna de Lota, no Chile. De acordo com o site La Republica, quando chegou, Leia estava quase sem pelos, faminta e doente e poderia ter morrido abandonada se não houvesse sido encontrada.

Quando foi resgatada, a cachorrinha foi levada a uma clínica para avaliar sua saúde, que estava bastante debilitada. Ela foi encontrada por Maurício Mellas, diretor da organização sem fins lucrativos Almas Callejerad, que se dedica ao resgate de animais em situação de rua garantindo-lhes cuidados e encaminhando-os para a adoção.

Foto: Divulgação/ Refugio Patitas Sin Hogar

Quando já estava recuperada, Leia foi levada ao Refugio Patitas Sin Hogar (Refúgio Patinhas Sem Casa, em português) e lá continuou a ser cuidada para que ficasse saudável novamente. Ela foi adotada no fim de agosto de 2020, e com pouco mais de três meses em seu novo lar, já era possível notar a diferença.

Foto: Divulgação/ Refugio Patitas Sin Hogar

Em outubro de 2020, Leia foi diagnosticada com um princípio de Tumor Venéreo Transmissível em Cães (TVT) e rapidamente começou o tratamento, que consiste em sessões de quimioterapia. Em postagens na página oficial do Refúgio Patitas Sin Hogar, que ainda auxilia a cachorrinha e sua humana com cuidados médicos, foi dito que “ela é forte e vai sair dessa” e que “tem progredido devagar, mas de forma segura nesse processo”.

Foto: Reprodução/ Instagram

Você pode acompanhar mais da história de Leia, a princesa sem coroa, no Facebook do Refugio Patitas Sin Hogar e no Instagram mantido por sua dona.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo