CONSCIÊNCIA            

ONG alerta sociedade sobre exploração de elefantes para o turismo

           
Foto: Ilustração | Pixabay

Certas pessoas acreditam que não há nada de errado em shows, eventos e passeios com elefantes. Geralmente, elas afirmam que há diversas formas de oferecer “entretenimento ou turismo responsável” envolvendo esses animais.

No entanto, de acordo com a organização Proteção Animal Mundial, isso é um grande erro. Acreditar que elefantes que nascem em cativeiro não são selvagens já é um equívoco, de acordo com a entidade.

“Domesticado significa que uma espécie foi seletivamente criada por humanos por muitas gerações para ter características físicas e comportamentais específicas. No caso dos elefantes, mesmo os que nascem em cativeiro ainda são selvagens.”

E por possuírem características tão iminentes é que os elefantes explorados para passeios ou espetáculos são submetidos a treinamentos agressivos e cruéis com o objetivo de controlá-los.

“Esse método de controle, chamado ‘the crush’, envolve restrições físicas, de comida e água, além de, em muitos casos, dor intensa. É um processo extremamente estressante para os elefantes que são capturados ou nascidos em cativeiro.”

A Proteção Animal Mundial também alerta que, embora os elefantes sejam grandes e fortes, suas costas não foram feitas para carregar turistas.

“A sela e o peso dos passageiros podem causar dor e ferimento. Eles também não são fisicamente feitos para ficar nas patas traseiras, como fazem nos espetáculos. Esses truques são realizados apenas porque foram treinados por meio da dor e do medo.”

Quando os elefantes não estão se apresentando, é comum mantê-los acorrentados e isolados. “Isso causa estresse e comportamentos não naturais, como mover compulsivamente a cabeça de um lado para o outro. Isso porque os elefantes são animais inteligentes e sociais e não têm suas complexas necessidades atendidas ao serem explorados para o entretenimento”, explica a organização.

A Proteção Animal Mundial diz que como as taxas de reprodução de elefantes em cativeiro são baixas, para atender a indústria do entretenimento é natural capturar os animais na natureza.

“É uma atividade brutal. Há cada vez mais relatos de mães e tias elefantas que são mortas durante a caça de elefantes jovens. Isso é uma grande ameaça para a população de elefantes asiáticos selvagens, que diminuiu drasticamente no último século”.

A melhor maneira de não apoiar tudo isso, é não incentivar ou participar de passeios, eventos ou qualquer tipo de turismo ou entretenimento com esses animais.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo