HABITATS DESTRUÍDOS            

Animais silvestres migram para regiões urbanas durante temporada reprodutiva

           
Foto: Portal O Dia/ Divulgação

Queimadas, desmatamentos e mudanças climáticas têm feito com que os animais silvestres cada vez mais se aproximem das áreas urbanas em busca de alimentos e abrigo.

Eles ficam ainda mais vulneráveis com a chegada da primavera, por conta do início do período de reprodução. Os gambás, por exemplo, costumeiramente buscam abrigos em forros de casas, e também reviram o lixo em busca de comida e sobem em árvores frutíferas buscando alimentação.

Segundo o portal O Dia, os gambás são confundidos com ratos, apesar de serem marsupiais, e não transmitirem doenças pelas fezes ou urina. Estes animais têm grande importância ecológica e são onívoros.

Foto: Divulgação

Além de serem dispersores de sementes, são predadores de serpentes venenosas, vermes, carrapatos, aranhas e escorpiões. As pessoas, em muitos casos acabam machucando os gambás ao tentar espantá-los, prejudicando assim a criação de suas ninhadas de filhotes.

A Guarda Ambiental recomenda, que no caso de encontrarem uma ninhada não mexam, pois são animais de hábitos noturnos, e ao anoitecer irão em busca de alimentos ou quando se sentirem em segurança.

No caso de encontrar um destes animais acuados ou em situação de perigo, entre em contato com o Grupamento Ambiental da Guarda Municipal para o resgate para uma área onde terão condições mais adequadas para sua sobrevivência pelos telefones (24) 3353-1245 ou 3381-5133.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo