CRIME AMBIENTAL            

Prefeito de cidade paranaense é detido com galos explorados em rinhas pela segunda vez no ano

Após o caso vir a público, a assessoria de imprensa de Boa Vista da Aparecida publicou nota por meio da qual afirmou que se reserva no direito "de não se manifestar a respeito" do assunto            
Galos eram transportados pelo prefeito — Foto: PRF/Divulgação

O prefeito de Boa Vista da Aparecida (PR), Leonir Antunes Dos Santos (PL), foi detido pela segunda vez neste ano transportando galos explorados em rinhas. A prática criminosa condena as aves a vidas miseráveis, repletas de sofrimento.

A detenção foi realizada na segunda-feira (20) por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante ação de fiscalização na BR-386, em trecho que corta o município de Sarandi.

De acordo com informações da PRF, ao ser questionado pelos policiais, Santos teria afirmado que estaria retornando para sua casa após passar o final de semana na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Ao vistoriar o carro em que o prefeito estava, os policiais encontraram cinco aves, sendo três galos explorados em rinhas e duas galinhas. Os animais estavam no banco traseiro do veículo e um dos galos era transportado dentro de uma maleta. O restante das aves estava em caixas de papelão.

Durante a ação policial, os agentes notaram que os animais apresentavam ferimentos nas cristas, o que é bastante comum entre galos explorados em rinhas, já que as brigas das quais são forçados a participar os deixam feridos e, não raro, os matam.

Galos explorados em rinhas transportados pelo prefeito em fevereiro — Foto: PRF/Divulgação

Esta é a segunda vez no ano que Santos é flagrado cometendo crime ambiental contra galos. No feriado de carnaval de 2021, o prefeito de Boa Vista da Aparecida foi detido por transportar seis galos explorados em rinhas em um carro oficial do município.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na segunda-feira (21), Leonir Antunes Dos Santos foi novamente levado à Delegacia de Polícia Civil para registro de ocorrência pela prática de crime ambiental. Como prefeito, o político pode influenciar a população, especialmente quando reincide em um crime ao invés de dar bom exemplo.

Nota oficial da Prefeitura de Boa Vista da Aparecida

Após o caso vir a público, a assessoria de imprensa de Boa Vista da Aparecida publicou nota por meio da qual afirmou que se reserva no direito “de não se manifestar a respeito” do assunto. Confira a íntegra abaixo:

“O Município de Boa Vista da Aparecida/PR, informa que foi alcançada na manhã desta terça-feira (21/09), por representantes de veículos de comunicação da região Oeste do Paraná, a respeito de suposto envolvimento do Sr. Prefeito Municipal, Leonir Antunes dos Santos, no transporte de animais, em veículo de propriedade particular.

Nesse sentido, a municipalidade não foi notificada oficialmente a respeito de qualquer circunstância, e considerando as informações prévias vinculadas nas próprias notícias, de que não houve envolvimento de bens públicos, gastos com dinheiro público ou qualquer dano ao erário, reserva-se no direito de não se manifestar a respeito ou de efetuar qualquer Juízo de valor nos assuntos pessoais e particulares do Prefeito Municipal, uma vez que não envolvem o cargo público ou a Administração pública.

O Município ainda informa que na manhã desta terça feira o Prefeito Municipal já retornou normalmente as atividades.

Boa Vista da Aparecida/PR, 21 de setembro de 2021.
Assessoria de Imprensa do Município”

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo