ATENDIMENTO GRATUITO            

Tutores de cães e gatos passam a noite na fila do Hospital Público Veterinário de SP

           
Foto: Reprodução | TV Globo

De acordo com informações do G1, em busca de consultas gratuita, tutores de cães e gatos passam a noite nas filas dos Hospitais Públicos Veterinários da cidade de São Paulo.

A cidade conta com três hospitais, que ficam nas zonas Leste, Norte e Sul, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. Contudo, como são poucas senhas, as pessoas chegam horas antes da abertura das unidades para conseguirem atendimento.

“Eu cheguei às 22h30, cheguei cedo, porque é difícil pegar senha, vim cedo pra pegar lugar”, comenta Ana Paula da Silva.

Na unidade de Jurubatuba, um casal contou que chegou por volta das 20h30 e que choveu durante a noite. “É difícil, a gente tinha recursos, a gente estava de carro, então podia descansar no carro. Mas tinham pessoas que estavam sozinhas e não tinham o recurso de tomar um café”, contou Wellington e Karina, que levaram o seu cãozinho para consulta, porque tinha quebrado a patinha.

Os hospitais oferecem serviços gratuitos e no total são sete especialidades como: oftalmologia, cardiologia, endocrinologia, neurologia, oncologia, ortopedia e odontologia. Além de cirurgias, exames laboratoriais e internação.

O atendimento é prioritário às pessoas assistidas por programas sociais como: Bolsa Família, Renda Mínima, Renda Cidadã ou outro programa equivalente. Também é exclusivo aos moradores de São Paulo.

Os atendimentos são realizados conforme disponibilidade de vaga e prioriza os casos emergenciais (com risco de morte) e urgentes (sem risco de morte iminente) de acordo com critério médico e devido a alta demanda.

Unidades de atendimento em São Paulo:

Unidade Zona Norte: Rua Atílio Piffer, 687 – Casa Verde.
Unidade Zona Leste: Av. Salim Farah Maluf, esquina com Rua Ulisses Cruz, lado par – Tatuapé.
Unidade Zona Sul: Rua Agostino Togneri, n° 153 – Jurubatuba.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo