CRUELDADE            

Mais de 100 cães são enterrados vivos e testemunhas relatam latidos vindos de cova

Os corpos dos cães foram encontrados algumas semanas depois de 38 macacos terem sido assassinados na vila indiana de Hassan            
Foto: Reprodução/Twitter

Mais de 100 cachorros foram enterrados vivos na cidade de Ranganathapura, na Índia. O caso foi descoberto após moradores da região relatarem ter ouvido latidos vindos da cova coletiva feita para o enterro. O caso é investigado pelas autoridades.

Após ouvirem os latidos, as testemunhas do crime se desesperaram e acionaram membros do Clube de Resgate de Animais na esperança de salvar os cachorros e denunciar os maus-tratos. No entanto, quando chegaram ao local na última semana, os voluntários encontraram os animais já sem vida.

Médicos veterinários e policiais participaram da ação que culminou na retirada de 150 corpos da cova. Os animais foram encontrados mortos dentro de uma vala com cerca de 5 metros de profundidade.

Em entrevista ao portal TVI24, o voluntário Laxmi Prasad, do Clube de Resgate de Animais, informou que especialistas ficaram responsáveis pro inspecionar a cova coletiva na qual os corpos foram encontrados. Um relatório técnico feito pelos profissionais integrará as investigações policiais.

A suspeita da polícia de Ranganathapura é de que os cachorros tenham sido envenenados antes de serem enterrados. Apesar disso, muitos teriam sido sepultados ainda vivos, condenados a agonizar sem ar embaixo da terra.

Durante as diligências, a polícia instaurou um processo contra funcionários de um instituto estatal responsável por supervisionar animais abandonados. O objetivo é investigar possíveis ações ou omissões.

O caso, que condenou centenas de cães a extremo sofrimento, foi registrado algumas semanas depois de 38 macacos terem sido assassinados na vila indiana de Hassan.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo