MAUS-TRATOS            

Gatos são encontrados mortos com sinais de envenenamento em Linhares (ES)

           
Reprodução | TV Gazeta

Dezesseis gatos foram encontrados com sinais de envenenamento no bairro Juparanã, em Linhares, no Norte do Espírito Santo, em um período de quatro meses. A Polícia Civil investiga o caso.

Na última semana, Patrick Roberto perdeu seu gatinho, Matias, que morava com ele há três anos. De acordo com Patrick, o gato saiu para passear e quando voltou para casa começou a passar mal e morreu. No dia seguinte, o gatinho do vizinho morreu da mesma forma.

Patrick buscou a polícia, mas afirmou que é difícil identificar quem poderia ter cometido essas atrocidades.

“A gente não sabe quem foi, não sabe se está de carro, de moto, não temos ninguém para apontar”, afirmou.

Dilza Cantão, que mora no local há 8 anos, disse que quando chegou à vizinhança tinha quatro gatos. Todos morreram envenenados.

Depois de perder tantos animais, a moradora pede que instalem câmeras para tentar capturar o momento quando os animais são envenenados.

“Se não tiver alguém para investigar que tenha pelo menos câmeras nos lugares que tem mais foco de mortes”, pediu.

Nos últimos quatro meses, foram 16 casos de mortes de gatos no bairro. A Polícia Civil afirmou que está investigando os casos. A pena para quem maltrata cães e gatos pode chegar até cinco anos de prisão.

Reprodução | TV Gazeta

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus-Tratos, da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales), informou que oficializou, nesta quinta-feira (26), delegado Alison Pereira Pequeno, titular da delegacia regional de São Mateus, para fazer um levantamento no local.

A deputada Janete de Sá (PMN), presidente da Comissão, disse que além da ação no local, foi pedido que a delegacia faça buscas em empresas que vendem “chumbinho”, que é um veneno de comercialização proibida, e que pode estar sendo usado para matar os gatos.

A comercialização do produto é proibida desde 2012, por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo