INCENTIVO            

Servidores públicos do Rio podem ganhar folga se adotarem cães e gatos

           
Foto: Ilustração | Pixabay

Um projeto de lei será em breve debatido na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, e caso seja aprovado por vereadores e por conseguinte aceito pelo prefeito da cidade, Eduardo Paes (PSD), servidores públicos poderão se beneficiar de um dia de folga remunerada caso adotem cães ou gatos em abrigos municipais.

A PL, de número 35/2021, é de autoria do vereador Marcelo Diniz (Solidariedade). Ela abrange tanto abrigos públicos quanto privados do Rio de Janeiro, os quais devem estar cadastrados na Secretaria Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (SMPDA), além de terem de emitir um certificado em nome dos adotantes, especificando as condições, nome do tutor do animal e data de acolhida.

A certificação das casas de adoção deve ser apresentada pelos servidores públicos em até três dias após a sua emissão, para assim conseguirem garantir a folga remunerada devidamente registrada e concedida.

“Atualmente, os diversos abrigos do Rio estão superlotados, colocando os animais em sofrimento, na maioria das vezes. Ao aprovar este PL, o servidor municipal passa a dar exemplo de bons tratos aos animais para toda a população e, com a aplicação das folgas remuneradas, o serviço público fica mais humanizado”, fala Marcelo Diniz em uma parte de sua justificativa.

 

 

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo