EXEMPLO            

Escola adota cachorro debilitado e estimula respeito aos animais

Além de transformar a vida do cão, encontrado em estado de magreza extrema, o projeto visa conscientizar os alunos sobre os direitos animais            

Uma professora e alunos do 8º ano da Emef Santo Antônio de Pádua (SAP), de Mato Leitão, no Rio Grande do Sul resgataram um cão que estava extremamente debilitado. Caramelo, como foi apelidado pelos alunos, foi encontrado desnutrido e com ferimentos na cabeça. Agora o cãozinho recebe cuidados da comunidade escolar, além de ter dado nome ao projeto que visa ensinar sobre os direitos animais.

Reprodução/agoranovale

A ideia surgiu durante uma aula da professora de Ciências, Veridiana da Silva, que falava sobre castração de animais. Ela sugeriu à turma que adotasse uma mascote que sofresse abusos ou estivesse abandonado. Uma das alunas lembrou de um cão que estava em péssimas condições de saúde e abandonado. A iniciativa torna-se fundamental para a cidadania dos alunos, visto que cresce o número de abandono de animais no município nos últimos anos. Alunos e professores construíram uma casinha para o Caramelo nos fundos da escola. Caramelo, que tem cerca de dois anos, recebeu atendimento da veterinária Ana Campos, de Venâncio Aires, e medicamentos para vermes e pulgas, além de ter sido vacinado. Nos próximos dias, ele também será castrado.

O projeto é desenvolvido pela professora Veridiana em parceria com a professora de Geografia e conselheira do 8º ano, Vaine Becker. Além disso, diversos profissionais que trabalham na escola já se colocaram à disposição para auxiliar com os custos do tratamento do cãozinho.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo