PROTEÇÃO ANIMAL            

Governo anuncia construção de 8 hospitais veterinários públicos no estado de SP

As unidades de saúde serão construídas até 2022 nos municípios de Barueri, Ribeirão Preto, Sorocaba, Santos, Registro, Santa Bárbara d’Oeste, Jundiaí e São José do Rio Preto            
Foto: Pixabay/Imagem Ilustrativa

O Governo do Estado de São Paulo anunciou a construção de oito novos hospitais veterinários públicos no estado. O anúncio foi feito segunda-feira (02) pelo governador João Doria (PSDB).

As unidades de saúde, que serão denominadas “Centros Meu Pet”, terão como foco o atendimento a cachorros e gatos e oferecerão serviços gratuitos de consultas, exames laboratoriais, raio-x, ultrassom, endoscopia e cirurgias.

Oito municípios de São Paulo receberão os hospitais veterinários, são eles: Barueri, Ribeirão Preto, Sorocaba, Santos, Registro, Santa Bárbara d’Oeste, Jundiaí e São José do Rio Preto, todos situados no interior do estado.

A previsão de conclusão das obras, segundo o governador, é para o ano de 2022. Além dessas unidades, outras duas já estão sendo construídas desde o início deste ano em Araçatuba e Votuporanga.

Ao anunciar a construção dos novos hospitais, João Doria afirmou que está concretizando uma promessa feita durante o período eleitoral. “Foi uma promessa de campanha minha e do vice-governador, Rodrigo Garcia”, pontuou o governador.

” Eu tenho oito cachorros em casa. Quem tem animais em casa sabe amar e é amado pelos animais, e em muitas famílias faz a diferença decisiva na própria existência, como é o caso das pessoas em situação de rua. Para pessoas de situação de rua, muitas vezes o único amigo é o cão”, afirmou Doria.

Os últimos dados do IBGE, de 2015, sobre o número de famílias que tutelam animais no Brasil apontam para a existência de pelo menos um cachorro em 44,3% dos domicílios do país, o equivale a 28,9 milhões de casas. Muitos tutores, no entanto, não têm condições de arcar com os custos de tratamentos de saúde para os animais e, por isso, a construção de hospitais veterinários públicos se torna cada vez mais necessária.

As unidades de saúde com serviço gratuito facilitam também a realização de políticas públicas de castração e beneficiam protetores de animais e ONGs, que atualmente têm gastos altíssimos em clínicas veterinárias particulares. Por dependerem de doações para arcar com esses custos, não é raro que cuidadores de animais e entidades fiquem endividadas.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo