AÇÃO HUMANA            

Construção de estradas e atropelamentos causam extinção de esquilo raro

           
Foto: Divulgação

Um estudo realizado pela Nottingham Trent University aponta que a construção de estradas na Grã-Bretanha e da Irlanda é responsável pela queda drástica da população de esquilo-vermelhos, uma espécie rara e ameaçada. Além da destruição do habitat dos pequenos animais, os esquilos estão morrendo atropelados. A urbanização de áreas antes intocadas estão representando um grande desafio para a espécie, que pode ser completamente extinta nos próximos anos.

O estudo alerta que 65% das mortes de esquilos-vermelhos na última década foi causada por atropelamentos. A morte dos animais ocorrem principalmente no outono (Hemisfério Norte), quando os esquilos estão forrageando e armazenando alimentos, o que pode levá-los a cruzar as estradas com mais regularidade. O inverno, os machos são as principais vítimas, pois aventuram-se em busca de uma companheira e acabam sendo atingidos por veículos.

A proximidade com os seres humanos também trouxe doenças, poluição e a presença de animais domésticos que representam uma ameaça aos esquilos. Pesquisadores acreditam que não houve um estudo estratégico sobre os impactos negativos que a construção de estradas traria para a espécie. Eles acreditam que é preciso agir emergencialmente para garantir que os esquilos-vermelhos tenham o restante dos seus habitats preservados ou a extinção será irreversível.

A Dra. Samantha Ward, da Nottingham Trent University, afirma que é o momento de tomar atitudes: “Este trabalho é realmente importante para a conservação do esquilo-vermelho na Inglaterra. Quanto mais sabemos sobre os problemas que eles enfrentam, mais podemos fazer para mitigar os problemas e, esperançosamente, ter um impacto positivo no aumento dos esquilos vermelhos nas áreas urbanas”, conclui.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo