COVARDIA            

Cão com larvas em um olho e cego do outro é abandonado no Guarujá (SP)

O cachorro foi abandonado em uma clínica veterinária, assim como outro cão e uma gata. Todos foram resgatados e estão recebendo os cuidados necessários            
Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

Um cachorro da raça yorkshire foi abandonado em uma clínica veterinária com larvas em um olho e cego do outro. Além dele, outro cão e uma gata também foram abandonados no estabelecimento situado no bairro Conceiçãozinha, na cidade de Guarujá, no litoral do estado de São Paulo.

No último sábado (24), caso foi denunciado à Polícia Militar Ambiental (PMA), que identificou os tutores dos animais e os multou. O ofício para registro de boletim de ocorrência deve ser enviado pelas autoridades nesta segunda-feira (26).

De acordo com o veterinário responsável pela clínica, os animais foram abandonados na clínica no dia 15 deste mês. Os tutores saíram repentinamente do estabelecimento após deixarem os cães e a gata no local e não retornaram para buscá-los.

O yorkshire, segundo laudo médico, está cego do olho esquerdo e foi abandonado com o olho direito infestado de larvas e outros parasitas – condição que o submetia a dor, já que as larvas consomem a carne do animal mesmo ele estando vivo. Embora fosse tutelado por um casal, o cão foi levado na clínica apenas pelo homem.

Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

O outro cachorro abandonado no local foi deixado em frente à clínica pela tutora e a gata estava com uma mulher que, segundo os profissionais da clínica, estava agitada e deixou o local alegando que levaria a filha ao banheiro, mas não retornou.

As informações sobre os tutores dos animais e a forma como os abandonos ocorreram foram utilizadas pelas autoridades para iniciar buscas que resultaram na identificação dos criminosos, que responderão por maus-tratos e abandono. Cada um deles foi multado em R$ 6 mil.

O caso deve ser registrado no 1º Distrito Policial de Guarujá, que ficará responsável pelas investigações. Os animais abandonados foram resgatados e o Setor de Bem-Estar Animal do município foi acionado para recebê-los e prestar os cuidados necessários até que sejam adotados.

Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo