ALCALINIDADE            

Dieta à base de vegetais pode ser aliada contra a Covid-19

           
Foto: Ilustração | Pixabay

A plataforma Zoe Covid, uma iniciativa sem fins lucrativos criada para realizar e apoiar pesquisas sobre a doença Covid-19, divulgou um estudo concluído no mês que julho que uma dieta à base de vegetais pode ser sua aliada contra a doença. Realizado em parceria com a Escola de Medicina da Universidade Harvard e o King’s College de Londres, o estudo destaca a influência de uma boa alimentação.

A conclusão do estudo foi baseada em resultados com mais de 592 mil pessoas. “Um estudo menor e recente mostrou que quem segue uma dieta à base de vegetais têm menor probabilidade de ficar gravemente doente por causa da covid-19. Mas o nosso é o primeiro estudo a mostrar que uma dieta de melhor qualidade na verdade reduz as chances de desenvolver a doença em primeiro lugar”, destaca Zoe Covid Study.

O cofundador da plataforma e também professor de epidemiologia do King’s College, Tim Spector, informou que a pesquisa demonstrou que as pessoas com uma dieta rica em vegetais podem ter menor probabilidade de contrair Covid-19 ou de parar em um hospital por causa da doença. De acordo com um segundo estudo nutricional, chamado de Predict, também desenvolvido pela plataforma Zoe Covid, uma alimentação equilibrada é benéfica à microbiota intestinal, com um ganho em saúde, incluindo redução de inflamações, gordura corporal e melhores níveis de açúcar e de gordura no sangue. “Analisamos dados de 592.571 pessoas que participaram de uma pesquisa do Zoe Covid Study no Reino Unido e nos EUA. Descobrimos que aqueles que seguem uma dieta de melhor qualidade têm 10% menos probabilidade de desenvolver Covid-19 do que aqueles com uma dieta de baixa qualidade; e 40% menos probabilidade de ficarem gravemente doentes se desenvolverem Covid-19.”, informou Tim Spector.

Segundo um dos colaboradores da pesquisa, Andrew Chan, professor da Escola de Medicina da Universidade Harvard, o vírus causador da Covid-19 é conhecido por causar uma resposta inflamatória severa, e por isso devemos prestar atenção na qualidade da nossa dieta, visto que o que ingerimos é um fator de risco estabelecido para muitas doenças que são conhecidas por terem uma base inflamatória.

Pixabay

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo