SANTOS (SP)

Morador de rua pede ajuda ao ver o seu cachorrinho morrendo

           
Divulgação | ONG Viva Bicho

O cachorro doméstico de um casal em situação de rua está enfrentando graves problemas de saúde. Os tutores vivem em Santos (SP) e estão fazendo de tudo para salvar a vida do seu melhor amigo.

O cão, que recebeu o nome de Lagarto, é doente renal crônico e está com dirofilriose (verme do coração). O animal se encontra em estado grave, com anemia severa e falta de produção de hemácias, necessitando de transfusão de sangue.

A ONG Viva Bicho Santos cuida do animal há muito tempo e nunca faltou nada ao Lagarto, porém, a doença que possui é crônica e há risco de complicações.

“Falaram para ele abandonar o Lagarto pois ele iria morrer, que não adiantava ficar perdendo tempo. Por sua vez, o seu tutor respondeu que ele jamais faria isso pois o Lagarto esteve ao seu lado nos piores momentos de sua vida e que faria tudo para salvar a vida do seu melhor amigo”, publicou a ONG nas redes sociais.

Os seus tutores compareceram ao Hospital Veterinário da ONG aos prantos, nesta terça-feira (20), implorando que salvassem o seu melhor amigo: “Eles estavam chorando e pedindo para salvarmos o seu cachorro, porque ele havia piorado muito de ontem pra hoje, urinando sangue e muito apático. Enquanto isso, o outro cachorrinho deles não parava de lamber Lagarto, como se quisesse dizer ‘não morre não amigão'”, desabafaram os seus protetores.

Essa doença não tem cura e, de acordo com os especialistas, a tendência é piorar, porém, o animal está sendo monitorado e  recebendo todos os medicamentos para o seu tratamento, visando dar o maior conforto neste quadro tão grave.

A ONG Viva Bicho tem cuidado de diversos animais e precisa muito da sua ajuda.  Por isso, se estiver interessado em ajuda-los, entre em contato através do número: (13) 99618-0179 ou através do Pix: 04024684000112 (CNPJ).

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo