SOBREVIVÊNCIA

Vacas fogem de matadouro em busca de liberdade

           
Foto: Divulgação

Pelo menos 40 vacas fugiram em desespero de um matadouro da empresa Manning Beef em Pico Rivera, na Califórnia. Os animais conseguiram escapar após o portão do frigorífico ter sido esquecido aberto e formaram um grande grupo que percorreu ruas residenciais em busca de abrigo e tentando evitar patrulhas policiais que queriam levar as vacas de volta para o frigorífico.

Infelizmente, 38 vacas foram recapturas e devolvidas ao matadouro. Uma vaquinha foi morta a tiros após policiais afirmarem que a ela estava reagindo agressivamente contra uma família e uma vaca ainda está desaparecida. Muitos animais sofreram ferimentos leves durante a fuga. O matadouro informou que elas receberão atendimento veterinário, o que é questionável, uma vez que o destino das vacas é a morte.

Foto: Divulgação

A organização em defesa dos direitos animais PETA espera que o espisódio conscientize a população sobre a vontade dos animais de sobreviver. “Esperamos que as vacas que escaparam de um matadouro para um bairro de Pico Rivera, Califórnia, na terça-feira, tenham conseguido a liberdade, algo que lutaram muito para ganhar, em vez de serem presas e devolvidas ao matadouro ou – no caso de uma vaca – sendo baleado no local por policiais”, disse,

E completa: “A tentativa desesperada dessas vacas por liberdade deveria ter sido reconhecida ao movê-las para um santuário, onde poderiam ter se unido a outras vacas resgatadas, cuidar de seus bezerros em paz e viver suas vidas exatamente como você e eu esperamos fazer”. A presidente da PETA, Ingrid Newkirk, disse. “A PETA convida qualquer um que aplaudiu sua fuga ou lamentou suas mortes a estender essa compaixão a todas as vacas – e todos os outros animais – tornando-se vegano”, concluiu.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo