SÃO PAULO            

CAPA ganha escultura para conscientizar sobre proteção de capivaras

           
Foto: Reprodução | Instagram

O Centro de Apoio e Proteção Animal da Ciclovia (CAPA), uma iniciativa fundada em julho de 2020 para a proteção e cuidado dos animais silvestres que vivem no entorno da Ciclovia Rio Pinheiros e no Parque Linear Bruno Covas, em São Paulo, foi presenteada pela Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE) com uma grande escultura em forma de capivara que foi instalada próxima ao brete onde os animais são resgatados e recebem cuidados.

Foto: Reprodução | Instagram

O presente foi muito bem recebido por cinco capivarinhas que se aninharam embaixo da escultura e foram fotografadas pelo CAPA. As imagens repercutiram nas redes sociais e estão arrancando suspiros dos internautas. A escultura foi feita por um funcionário da EMAE e faz parte de uma série que também inclui a escultura de um peixe que foi preenchida com garrafas pet para conscientização sobre a poluição do Rio Pinheiros.

Foto: Reprodução | Instagram

O CAPA espera que a escultura tragar maior conscientização sobre os hábitos de consumo e o descarte responsável de resíduos plásticos para reduzir o impacto das ações humanas na vida dos animais silvestres.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo