COVARDIA

Gatinha doente é abandonada presa em uma caixa de transporte

           
Foto: Blue Cross London

Uma gatinha bebê indefesa foi covardemente abandonada presa em uma caixa de transporte ao lado de uma rampa de lixo em Londres. Batizada carinhosamente de Eyela, a filhote tem apenas 13 semanas de vida e foi deixada no local com um pouco de comida, leite e um cobertor. Ela foi encontrada por um passeador de cães que solicitou o apoio da organização em defesa dos animais Blue Cross London.

Eyela foi avalida por uma equipe veterinário que diagnosticou a bebê com sopro cardíaco e um pequeno orifício no coração que exigirá monitoramento. Ela também estava com ferimento nas costas e um dos seus olhos precisou ser removido. Agora, ela está no abrigo da Blue Cross London e está em busca de adotantes amorosos e responsáveis que possam oferecer os cuidados que ela precisa.

Amanda Rumball, porta-voz da Blue Cross London, lamenta que a filhote tenha sido abandonada de forma tão covarde. “Alguém obviamente se importou o suficiente para deixá-la com comida, leite e um cobertor, mas simplesmente não podemos entender por que alguém iria querer deixá-la com o lixo e não em um lugar seguro”, salienta Rumball.

Foto: Blue Cross London

E completa: “Felizmente ela está segura sob nossos cuidados agora, ela é tão doce e só quer ser amada e abraçada. Seu coração precisará ser examinado regularmente à medida que ela crescer e se tornar um gato adulto, então estamos procurando um novo dono que terá tempo e será capaz de pagar visitas regulares ao veterinário para verificar sua condição”, reforça.

Amanda afirma ainda que abandono nunca será a solução. “Sabemos que o ano passado foi difícil, mas recomendamos que qualquer pessoa que esteja lutando com um animal de estimação entre em contato conosco para que possamos ajudar a encontrar um novo lar amoroso para o animal, já que quem sabe o que teria acontecido com a pobre Eyela se ela não não foi encontrado. Ela deve ter sentido muitas dores no olho e a queimadura nas costas. Ela merece um lar onde possa ser cuidada e crescer segura e amada”, concluiu.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo