RECONHECIMENTO

Marinha da Tailândia recebe prêmio após salvar gatos de naufrágio

O fuzileiro Tatpon Saie não pensou duas vezes antes de se jogar no mar para salvar os gatos. Agarrados às costas do oficial, cada um dos filhotes foi resgatado            
Foto: Reprodução/Facebook

A Marinha Real da Tailândia recebeu o prêmio “Heróis para os Animais”, concedido pela entidade Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA, na sigla em inglês), após marinheiros salvarem a vida de quatro filhotes de gato que passaram horas lutando para não morrer em alto mar depois de serem vítimas do naufrágio de um barco nas proximidades do Mar da Birmânia.

O resgate que garantiu a sobrevivência dos animais aconteceu no início do mês de março após os filhotes passarem horas se equilibrando sobre a embarcação que afundava cada vez mais. Um dia antes dos gatos serem salvos, a tripulação humana do barco foi resgatada por tripulantes de outra embarcação.

O naufrágio aconteceu em decorrência de um incêndio no interior do barco, conforme reportado pelos tripulantes em um pedido de socorro captado pela central de comando da Marinha Real. No dia seguinte ao acidente, marinheiros foram enviados ao local para observar se havia ocorrido algum vazamento de óleo que poderia causar danos ambientais.

Para a surpresa dos oficiais, quatro gatos lutavam pela vida entre os destroços da embarcação. A situação dos filhotes emocionou os marinheiros, especialmente o fuzileiro Tatpon Saie, que não pensou duas vezes antes de se jogar no mar para salvar os animais. Agarrados às costas de Saie, cada um dos filhotes foi resgatado.

Disposto a impedir que os gatos morressem afogados, o fuzileiro fez quatro viagens, resgatando um filhote por vez enquanto era puxado por seus companheiros, que o ajudaram a chegar a um local seguro junto dos filhotes. Levados ao posto de comando da Marinha Real na ilha tailandesa de Koh Lipe, os animais receberam cuidados dos marinheiros, que os secaram, aqueceram e alimentaram.

Foto: Reprodução/Facebook

A atitude heroica dos oficiais emocionou os membros da PETA, que, conforme divulgado pelo jornal local Pattaya Mail, decidiram homenagear a Marinha Real da Tailândia com o prêmio “Heróis para os Animais”.

Em carta endereçada à instituição naval, o vice-presidente sênior da PETA, Jason Baker, elogiou a ação dos marinheiros e colocou a entidade à disposição para arcar com os custos da castração dos gatos – procedimento que garante uma vida mais longa e saudável aos animais e que é de grande importância no combate ao abandono por meio do controle populacional das espécies.

“As ações corajosas e compassivas desses marinheiros causaram impacto nas pessoas gentis em todo o mundo. Esperamos que sua gentileza inspire outros a ajudar os animais necessitados”, escreveu Baker. “A PETA espera que seu exemplo inspire todos a ficar de olho nos animais em perigo e fazer o que for necessário para colocá-los em segurança”, completou.

Junto da carta, a PETA enviou à Marinha Real da Tailândia um certificado emoldurado que atesta o recebimento da premiação por parte da instituição.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo