TRATAMENTO MÉDICO

Macaco-prego ferido é resgatado com dificuldade para andar em MS

O macaco ficará sob a responsabilidade do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CETAS), com sede na capital de Mato Grosso do Sul            
Foto: PMA

Um macaco-prego foi resgatado pela Polícia Militar Ambiental (PMA) com ferimentos nas patas após ser encontrado por uma moradora da cidade de Bonito, situada a 297 quilômetros de distância de Campo Grande, no estado de Mato Grosso do Sul.

Os agentes da PMA foram acionados por uma funcionária pública. Servidora da Prefeitura de Bonito, ela alegou ter encontrado o macaco na última sexta-feira (11) nas proximidades do viveiro de mudas do município. Ao perceber que o animal silvestre estava ferido e com dificuldades para se locomover, ela decidiu ajudá-lo.

Após ser entregue aos policiais, o macaco-prego foi encaminhado para o Aquário do Pantanal, onde passou a receber os primeiros cuidados. Até o momento, não foi possível apontar o que teria motivado os ferimentos.

De acordo com a Polícia Militar Ambiental, o macaco ficará sob a responsabilidade do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CETAS), com sede na capital de Mato Grosso do Sul.

Sob os cuidados de especialistas do CETAS, o animal selvagem receberá tratamento médico para que possa se recuperar dos ferimentos sofridos. Após ser submetido a exames e a um processo de reabilitação, será avaliada a possibilidade de reintroduzi-lo à natureza.

Mariana Dandara | Redação ANDA

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo