DEMANDA CRESCENTE

Mercado vegano pode dobrar nos próximos sete anos

Segundo o relatório, há a previsão de que o mercado vegano alcance R$68,6 bilhões em 2028            
Foto: Pixabay

A Allied Market Research, uma empresa de consultoria e pesquisa de mercado financeiro, que libera relatórios sobre as possíveis novas tendências no mundo dos negócios, afirmou que a indústria de suplementos veganos pode mais do que dobrar globalmente nos próximos sete anos, relata o Vegazeta.

Segundo o relatório, há a previsão de que o mercado vegano alcance R$68, 6 bilhões em 2028, comparando com o ano de 2019, que atingiu R$31, 81 bilhões, o crescimento é de mais de 100%.

“Embora as atividades de produção de suplementos veganos tenham sido parcialmente prejudicadas devido às medidas de lockdown e interrupções na cadeia de suprimentos, os participantes do mercado têm tentado ampliar a produção para atender ao aumento da demanda”, afirma a AMR, que atribui o crescimento à conscientização maior do público em relação aos benefícios dos suplementos veganos, assim como seu impacto ambiental menos danoso em comparação a produtos de origem animal. A comercialização on-line e o aumento da confiança do consumidor na qualidade dos produtos também foram apontadas como razões para a ascensão do mercado.

A demanda por tais produtos é maior em países desenvolvidos, contudo, de acordo com a AMR, países subdesenvolvidos, como o Brasil, podem se beneficiar grandemente caso decidam sanar a oferta que, aparentemente, só irá crescer nos próximos anos.

“O potencial inexplorado em países em desenvolvimento apresenta novas oportunidades para os próximos anos”.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo