ÁFRICA

Elefante é morto, esquartejado e tem carne distribuída por guardas florestais

           
Foto: Reprodução | Daily Mail

Um elefante foi assassinado e teve seu corpo esquartejado por guardas florestais na cidade de Kandi, em Benin, na África. Pedaços de carne do animal foram removidas e distribuídas a moradores. O noroeste do Benin abriga os parques nacionais Pendjari e W – parte do complexo WAP (W-Arly-Pendjari) que formam a maior extensão de terra protegida da África Ocidental.

No local, vivem mais de 6.000 elefantes e muitos deles ultrapassam os limites do parque e se aproximam de vilas. O elefante morto pelos guardas, segundo autoridades do país, foi morto por que representava um perigo para a população e supostamente causou a morte de três pessoas, além de ferir outras. O animal foi morto a tiros por uma equipe da empresa African Parks, responsável pela administração das reservas de Benin.

Foto: Reprodução | Daily Mail

Não satisfeitos em condenar o animal arbitrariamente à morte, os guardas removeram a pele do animal, as presas e a cauda. O elefante também teve o seu corpo esquartejado e sua carne distribuída para consumo. Os guardas justificaram o esquartejamento afirmando que não tinham como mover o cadáver em razão do peso. A African Parks informou em nota que a morte do animal foi tomada como um último recurso.

Ativistas em defesa dos direitos questionaram quais alternativas foram avaliadas antes de decidirem matar o animal. Internautas acreditam que a ação foi extrema e ineficiente. “Matar um animal que está fora de seu habitat natural e que custa vidas humanas não é uma solução para o número crescente de conflitos entre os animais e a população local”, disse um usuário de uma rede social.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo