PROTEÇÃO

Leões são transferidos de reserva em jatos particulares na África do Sul

Foto: Reprodução | Daily Mail

Três leões – cada um com 199,5 kg – foram transportados pelo ar a uma parte diferente do continente africano para acabar com o endocruzamento, cruzamento entre indivíduos geneticamente semelhantes e com elevado grau de parentesco.

A transferência dos animais evita o nascimento de filhotes doentes ou com expectativa de vida baixa. Os leões foram tranquilizados e amarrados para entrarem em um jatinho privado para a viagem.

Foto: Reprodução | Daily Mail

Os reis da savana foram vistos sob uma luz completamente diferente. Eles viajaram da Reserva Khamab Kalahari, na fronteira da África do Sul com Botswana, até a reserva Mabula Game, do norte de Pretoria

Os leões foram levados por um grupo sem fins lucrativos chamado The Bateleurs, que tem 200 pilotos voluntários que providenciam ajuda a grupos ambientais e conservacionistas.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com