TRISTEZA

Vaca e bezerro se despedem antes de irem para o matadouro

Foto: Reprodução | YouTube

O vínculo entre mãe e filho é uma das coisas mais fortes que existe e isso não é uma exclusividade dos seres humanos. Assim como nós, animais também nutrem sentimentos complexos como amor, cooperação, amizade, união e segurança. No caso dos mamíferos, as mães também amamentam, acariciam e cuidam dos seus bebês após enfrentar longos e incômodos períodos de gestação. É inimaginável experimentar a dor e o sofrimento de ver o seu filho amado e saudável ser levado para longe logo após dar à luz.

Infelizmente, essa é uma realidade diária da indústria de laticínios. Milhões de vacas escravizadas e exploradas para a produção de leite precisam estar frequentemente grávidas para em seguida serem separadas dos seus bebês, que são condenados imediatamente à morte ou confinados em pequenos recintos para atender a indústria da carne de vitela. Os bezerros são afastados imediatamente das mães para não se alimentarem do leite, que será roubado e comercializado.

Um vídeo, filmado em data e local desconhecidos, mostra uma vaca se despedindo do seu bebê, que seria encaminhado para o matadouro. O filhote chora e grita, lutando para ficar ao lado de sua mãe. É inquestionável que os animais são seres sencientes e que, assim como nós, merecem a liberdade e ter seus direitos respeitados. Esses animais são condenados a vidas miseráveis e repletas de sofrimento apenas para que os seres humanos possam consumir leite e derivados.

Só existe uma forma dar fim à exploração e ao maltrato animal para consumo humano: adotar o veganismo.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo