CRIME            

Mulher denuncia envenenamento de gatos em Palmas (TO): ‘é uma morte cruel’

Como os gatos encontrados mortos não têm ferimentos pelo corpo, a suspeita é de envenenamento            

Foto: Pixabay/Ilustrativa

Em menos de um mês, cinco gatos que viviam em situação de rua foram encontrados mortos na região sul do município de Palmas, no Tocantins. Moradores da região suspeitam de envenenamento. O caso é investigado pela Polícia Civil.
De acordo com o protetor de animais Fernando Ângelo, os gatos encontrados mortos não têm ferimentos pelo corpo. “Eles estavam bem de saúde e, de repente, desapareceram. Vez ou outra a gente encontra os corpos sem ferimentos, sem mordidas aparentes, sem sinais de atropelamento. O que nos leva a crer que pode ser envenenamento”, explicou Fernando ao G1.
O caso comoveu Silvia Maria Ribeiro, que realiza um trabalho voluntário em prol dos animais abandonados do município. “É muito triste. É uma morte cruel, uma morte sofrida. E essa pessoa [suspeita] já vem fazendo isso há muito tempo. Inclusive teve um evento que, durante a noite, botaram fogo em um lote onde estavam a mãe com os filhotes”, desabafou.
A suspeita dos moradores é de que existam mais gatos mortos do que o registrado por testemunhas. Isso porque uma colônia de gatos, onde antes viviam 15 animais, registrou casos de desaparecimento. Apenas quatro gatos permaneceram sob os cuidados dos protetores.
“Chegamos a fazer denúncias, então a polícia está investigando os possíveis culpados com a ajuda da comunidade e talvez algum vizinho pode até fornecer imagens de suas câmeras de vigilância”, informou Fernando Ângelo.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo