INSEPARÁVEIS            

Homem adapta carrinho para cão portador de paralisia poder passear

Donny Marchuk adapta um carrinho para seu companheiro cachorro continuar vivendo aventuras no Canadá.            
Foto: Histórias Com Valor

Em Calgary, no Canadá, um homem projetou um carro especial para que o cachorro pudesse continuar vivendo sua vida fazendo as coisas que mais gosta, após descobrir o diagnóstico de uma condição obstrutiva das vias aéreas de seu melhor amigo animal. É possível sentir o amor que Donny Marchuk tem pelo seu cachorro.

O cachorro chamado Sully, de quatro anos de idade, foi diagnosticado com paralisia laríngea, que o impede de respirar normalmente, limitando seus movimentos e seu jeito de viver. Antes da doença, os dois amigos gostavam de fazer caminhadas e corridas em trilhas, até mesmo esquiar, mas depois de um tempo foi ficando difícil devido a condição de Sully. “Quando eu era mais jovem, fazíamos caminhadas e corridas em trilhas em Yoho e Kananaskis, a cada caminhada que eu fazia, Sully estava disposto a fazer, ele sentia falta disso”, afirmou Donny.

Foto: Histórias Com Valor

Para que seu amigo não parasse de desfrutar dessas aventuras, Donny construiu um carrinho de aventura para Sully a partir de um carrinho de neve infantil que comprou de um amigo. “De vez em quando pegamos emprestado um acessório de esqui e também fazemos caminhadas na neve. Portanto, caminhadas e aventuras na montanha estão disponíveis neste inverno até agora. Quando está no carro, é o cachorrinho mais feliz do mundo ”, contou Donny sobre as atividades que já conseguiram voltar a fazer.

O vínculo que esses amigos têm é muito forte e comovente, impactando até mesmo as pessoas da região onde moram. “Os efeitos que Sully causa nas pessoas é provavelmente o que eu mais gosto ultimamente. Raramente uma pessoa passa sem parar , com vontade de falar e sorrir. Fica muito feliz saber que também colocamos um sorriso no rosto dele”. Donny explicou que passou por muitos momentos difíceis, mas que Sully sempre esteve lá para ajuda-lo, e agora estava no hora de retribuir todo amor que recebeu por parte do cachorro.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo