AMIZADE

Pomba órfã se nega a voltar à natureza após fazer amizade com cachorro

A pomba e o cachorro passam o dia juntos, brincam, conversam e adoram a companhia um do outro            
(Foto: Facebook/The Mia Foundation – Love For Mia)

Uma pomba resgatada da natureza após ficar órfã se tornou a melhor amiga de um cachorro que nasceu com graves problemas de saúde. O laço de afeto que a dupla construiu é tão forte que a ave se nega a voltar ao seu habitat para permanecer ao lado do cão.

Lovey foi resgatada nos Estados Unidos após funcionários de uma construtora moverem o ninho onde ela vivia. A ação assustou sua mãe, que foi embora e não voltou para buscá-la. Órfã, a pomba não conseguiria sobreviver por ser muito jovem e, por isso, foi salva pela ativista Sue Rogers, uma das fundadoras do The Mia Foundation, uma entidade que resgata animais abandonados.

(Foto: Facebook/The Mia Foundation – Love For Mia)

A associação, no entanto, tem como foco animais que possuem alguma deficiência e, por essa razão, Alfie, um filhote de buldogue francês com problemas de saúde, também foi resgatado. Embora tenha oito semanas de idade, o cão é tão frágil que não aparenta ter mais do que duas semanas. Ele nasceu com lábio leporino e há a suspeita de hidrocefalia e doenças cardíacas. No entanto, apesar das dificuldades, Alfie tem boa saúde.

E da mesma forma que as deficiências do buldogue não foram vistas de maneira preconceituosa por Sue, também foram bem aceitas pela pomba, que se tornou sua amiga.

Por pesar apenas 425 gramas e ser bastante frágil, Alfie não pode brincar com os outros animais da casa. Lovey, por sua vez, pode desfrutar da companhia dos animais, mas prefere viver ao lado do buldogue, que tem na pomba sua única companhia – além de sua tutora -, já que a ave também é pequena e não lhe oferece riscos de acidentes.

(Foto: Facebook/The Mia Foundation – Love For Mia)

“Será que ela pensa que ele é outro pássaro?’ Porque eles são do mesmo tamanho, da mesma cor e ela não interage assim com nenhum outro cachorro da casa”, afirmou Sue. De acordo com a ativista, a pomba e o cachorro passam o dia juntos, brincam, conversam e adoram a companhia um do outro. Para se divertir, Lovey sobe nas costas do cachorro, que passeia pela casa carregando a ave.

“Eles são os menores animais daqui. Ambos precisavam de um amigo. Eles formaram essa amizade!”, contou Sue.

E embora as tentativas anteriores de devolver a pomba à natureza tenham sido frustradas, a ativista disse que, assim que o frio der uma trégua, tentará novamente fazer Lovey viver com seu bando. Isso porque, apesar de deixar que a ave viva livre em sua casa, longe de gaiolas, o objetivo de Sue é vê-la voar pelo céu. Resta saber se ela aceitará se separar de seu melhor amigo.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo