Homem agride bebê foca que dormia com uma sandália para acordá-la

           

Um turista chinês foi filmado agredindo com um sandália estilo “crocs” um bebê foca que dormia na orla da praia de Cape Cross, na Namíbia, África. O vídeo, que mostra o homem batendo no filhote e gritando “acorde” viralizou em diversas redes sociais e gerou uma onda de revolta. O agressor ainda não foi identificado. Além do homem que maltratou o bebê, é possível ouvir risadas de uma mulher que ironiza o filhote e diz “sua mãe está te chamando” .

As imagens ficaram conhecidas após terem sido postadas no Tik Tok. A organização de proteção ambiental China Cetacean Alliance divulgou o vídeo pedindo ajuda para alertar as autoridades e identificar o homem para que ele possa ser punido. “Sem mencionar os perigos ocultos e o risco de contrair doenças da vida selvagem, fazer algo tão estupidamente e maldosamente para obter tráfego on-line realmente desacredita os turistas chineses como um grupo”, aponta.

Após a divulgação do vídeo, usuários encontraram mais imagens do homem agredindo e assustado outras focas. As postagens denunciando os maus-tratos já alcançaram milhões de visualizações e comentários de repúdio. A China Cetacean espera que a repercussão traga conscientização. “Esperamos que todas as plataformas [de mídia social] possam ajudar a orientar a atmosfera pública de respeito à natureza e à ciência. Pare de promover essas contas sensacionais que danificam a imagem do país”, pontua.

Não há informação se a pequena foca foi identificada e avaliada por especialistas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo