Fotojornalistas preparam livro que expõe massacre animal

           
Konrad Lozinski registra imagens de pintinhos machos que serão mortos na indústria de ovos. Os machos são descartados porque não botam ovos e não têm a genética dos frangos que interessam à indústria da carne

Trinta fotojornalistas estão participando de um livro coordenado pela canadense Jo-Anne McArthur, idealizadora do projeto We Animals. Com o título “HIDDEN: Animals in the Anthropocene”, a tocante obra que está em pré-venda no Indiegogo expõe o massacre de animais de diferentes espécies para consumo, entretenimento e outros fins.

A intenção é lançar luz sobre tantas criaturas sencientes que parecem invisíveis aos nossos olhos. Além de Jo-Anne, participam do livro os fotojornalistas Aitor Garmendia, Andrew Skowron, Selene Magnolia, Luis Tato, Paul Hilton, Konraz Lozinski e Jan Van Ijken, entre outros que já desempenham trabalhos conhecidos denunciando a crueldade animal.

“Minha visão para este novo livro inovador foi inspirada na fotografia de guerra que moldou a história. Imagens de conflito e sofrimento sempre desempenharam um papel crucial na exposição de atrocidades e na galvanização das massas. Bilhões de animais sofrem desnecessariamente a cada dia dentro dos espaços que construímos. Acreditamos que agora é a hora de testemunhar isso”, defende Jo-Anne McArthur.

Compromisso é sensibilizar a partir de histórias reveladoras
No livro que tem um caráter documental, histórico e memorial, o compromisso é sensibilizar a partir de histórias reveladoras e brutais; da reafirmação de que os animais são as grandes vítimas do nosso sistema de consumo que, hoje mais do que nunca, impacta na vida de outras espécies e na nossa, além do meio ambiente.

“Eles são os animais que comemos e vestimos. Os animais que usamos para pesquisa, trabalho e entretenimento, bem como os animais que sacrificamos em nome da tradição e da religião”, reforça Jo-Anne, acrescentando que “HIDDEN” precisa chegar ao maior número possível de pessoas.

Quem assina o prefácio do livro, que está sendo produzido a partir de uma campanha de financiamento coletivo, é o ator e ativista vegano Joaquin Phoenix.

O livro arrecadou no Indiegogo pouco mais de R$ 600 mil para sua publicação.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo