Gatos pretos são mortos e cozidos para falso tratamento contra a Covid-19

           
Divulgação

A medicina tradicional asiática é a responsável pela morte de milhões de animais anualmente. Escamas de pangolins, bile de ursos e ossos de tigre são usado sem nenhuma comprovação cientifica para o tratamento de diversas doenças, inclusive o câncer. Vendidos principalmente no mercado negro, esses produtos são obtidos através do tráfico e sofrimento de animais.

Não são apenas espécies selvagens que sofrem, no Vietnã, gatos pretos estão sendo sequestrados e mortos para a produção de um suposto remédio milagroso que está sendo comercializado como a cura para a Covid-19. A denúncia foi feita pela organização No to Dog Meat, que afirma que os animais estão sendo cozidos e transformados em pastas ou bebidas para consumo até de crianças.

Segundo a organização, a produção deste material está concentrada principalmente na capital do país, Hanói. A ONG divulgou diversas fotos de animais mortos e o processo de produção do “remédio”. Em uma entrevista ao Metro, Julia de Cadenet, fundadora da No to Dog Meat, afirma que assistiu o vídeo de uma investigação que “fez o seu sangue gelar”. Ela também classifica o episódio como “angustiante”.

Julia disse ainda que a crueldade imposta a estes gatinhos é injustificável. “Nossos medos desta pandemia não devem ser usados ​​como desculpa para tratar animais indefesos, que nos procuram por proteção, com total desprezo”, conclui a ativista. No Vietnã e Indonésia, gatos e outros animais são mortos e consumidos por uma parte da população e não há nenhuma lei que proteja estes animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo