Chimpanzé é forçado a usar roupas e andar de bicicleta em zoo

           
Ilustração | Pixabay

Um chimpanzé foi forçado a vestir roupas de humanos de andar de bicicleta enquanto pulverizava desinfetante em todo o zoo de Samutprakarn, na Tailândia. Imagens feitas no local mostram o animal usando uma máscara cirúrgica, bermuda jeans e uma camisa havaiana enquanto guia uma bicicleta infantil com um tanque cheio de desinfetante nas costas enquanto é acompanhado por um funcionário segura uma corrente presa à bicicleta.

A ONG em defesa do direitos animais PETA descreve a cena como “de partir o coração” e aponta que casos de crueldade a animais são rotineiros no país. Segundo Nirali Shah, um porta-voz da ONG, o tratamento dado aos animais é terrível. “Lugares como a fazenda de crocodilos Samutprakarn e o zoológico são buracos do inferno onde animais como este chimpanzé sofrem vidas miseráveis ​​em cativeiro todos os dias”, denuncia.

E completa: “Eles são maltratados rotineiramente e sabem pouco mais do que correntes. Quando não são usados ​​para ‘entretenimento’ humano, são mantidos em gaiolas apertadas. A PETA apresentou as descobertas investigativas à polícia tailandesa e apresentou uma queixa oficial às autoridades, pedindo-lhes que inspecionassem o zoológico”, disse em entrevista ao Daily Mail.

Infelizmente, este não é o primeiro caso de maus-tratos contra animais no local, investigações no passado revelam casos de animais sendo espancados com varas de bambu. Um caso especialmente cruel mostra um elefante subnutrido sendo forçado a realizar truques para entreter visitantes. A PETA e diversas outras organizações estão pressionando as autoridades para o local seja fechado.

Veja as fotos do chimpanzé AQUI.

Devido à repercussão dos episódios, a Ctrip, a maior agência de reservas on-line da Ásia, rompeu o contrato com o zoo de Samutprakarn e não vende mais ingressos para o local. A PETA pede que mais empresas de turismo sigam o exemplo e não financiem locais que explorem animais para entretenimento. O zoo atualmente encontra-se fechado devido à quarentena imposta pelo governo tailandês, mas já anunciou que reabrirá as portas assim que receber autorização.

Nota da Redação: zoológicos e outros locais que aprisionam animais devem ser completamente extintos. Casos como o zoológico de Samutprakarn servem para alertar a população mundial sobre a injustiça e crueldade escondida atrás de zoológicos e outros locais que mantém animais em cativeiro apenas para divertimento humano. É preciso clarear a consciência para entender e respeitar os direitos animais. Eles não são objetos para serem expostos e servirem ao prazer de seres humanos. Apesar das boas intenções ao instaurar o fechamento do estabelecimento, o fato de nada ter mudado para a maioria dos animais enclausurados, representa muito mais uma ação política do que uma real preocupação com a situação dos animais em cativeiro.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo