Ursa Kátia chega a SP após iniciar transferência de zoo para santuário

           

A ursa Kátia chegou, na manhã desta quinta-feira (29), ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos (SP), após sua transferência para o santuário Rancho dos Gnomos ter sido iniciada. Explorada por um circo, ela foi resgatada e, depois, levada a um zoológico no Ceará.

Reprodução/Globo

A transferência da ursa Kátia e do urso Dimas, que vivia com ela no zoológico, foi determinada pela Justiça devido ao calor excessivo do Ceará, inadequado para a espécie. As informações são do G1.

Após chegar no aeroporto, a ursa foi levada para um local seguro onde permanecerá enquanto aguarda para ser transferida para o santuário, em Joanópolis (SP). O urso Dimas permanece em Fortaleza, onde aguarda o embarque.

Dimas e Kátia viveram onze e oito anos, respectivamente, no zoológico São Francisco de Chagas, em Canindé, no Ceará, após sofrerem maus-tratos em um circo e serem resgatados. No mês passado, o zoológico chegou a um acordo com a Associação Viva Bicho para fazer a transferência dos animais, mas sem estabelecer um prazo. Foi então que a ONG recorreu da decisão e conseguiu estipular uma data.

Kátia (Mizar) após desembarcar em SP e ser levada para um local seguro, que não teve sua localização divulgada (Foto: Instagram/Divulgação)

O Rancho dos Gnomos, para onde os ursos irão, é o mesmo local que abrigou Rowena, ursa que morreu recentemente e ficou conhecida como a mais triste do mundo devido a seu histórico de exploração e sofrimento.

No santuário, Dimas e Kátia terão novos nomes. A ursa se chamará Mizar, que significa “a estrela mais brilhante da constelação da Ursa Maior”. Dimas, por sua vez, foi rebatizado como Verru, do hebraico “força da superação”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo