Proteínas vegetais prolongam a vida e reduzem o risco de doenças

Aderir a uma dieta vegetariana estrita com alto teor de proteína vegetal pode ajudar um ser humano a viver mais e melhorar sua saúde, segundo estudo do Centro de Ciências da Saúde Pública do Japão.

Um prato de alimentos vegetais sendo dividido por duas pessoas
Foto: Getty Images

Cientistas acompanharam 70.696 adultos japoneses por 20 anos e descobriram que aqueles que adquiriam sua proteína dos alimentos vegetais tinham um risco menor de morrer (por qualquer causa).

As dietas ocidentais normalmente são ricas em carne vermelha e alimentos processados, o que leva o Ocidente a um alto índice de morte por doenças cardíacas e doenças ligadas à obesidade.

Os autores responsáveis pelo novo estudo sugerem a substituição da carne vermelha por alimentos vegetais ricos em proteína, como feijão, tofu, edamame, tempeh e quinoa.

As carnes vermelhas e alimentos processados contêm gorduras saturadas que, quando consumidas, se acumulam nos vasos sanguíneos e causando problemas cardíacos.

Ao longo das duas décadas de pesquisas, os cientistas japoneses analisaram as mortes das pessoas presentes no estudo. Aqueles que consumiam proteína vegetal possuíam um risco de morte abaixo da média.

Diminuir o consumo de carne vermelha resultou em menores riscos para pessoas que sofrem com doenças cardíacas, além de diminuir a mortalidade e o risco de câncer.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo