Nova investigação da PETA expõe crueldade contra vacas na produção leiteira

           

Por David Arioch

As imagens foram registradas na Reitz Dairy Farm, no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos (Foto: PETA/Divulgação)

Um vídeo disponibilizado pela organização Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA) no último dia 28 expõe a crueldade contra vacas na produção leiteira. As imagens foram registradas na Reitz Dairy Farm, no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

A PETA decidiu investigar a Reitz depois de receber denúncias sobre violência contra animais na instalação. O vídeo mostra vacas passando o dia entre fezes e urina – e até mesmo dormindo sobre excrementos.

Alguns animais aparecem mancando e com graves ferimentos nas pernas, e que vão piorando no decorrer dos dias. O cenário também surpreende pela imundície. Os animais são expostos à umidade o dia todo e recebem golpes para se levantarem ou mudarem de lugar.

Mas talvez o registro mais chocante seja de vacas que antes doentes aparecem mortas e abandonadas na propriedade. O proprietário da Reitz, Lloyd Reitz, assim como seu filho, já havia sido julgado por crueldade contra animais em 2010, mas acabou inocentado sob a alegação de “evidência em vídeo inconclusiva”.

Segundo a PETA, depois que o vídeo foi encaminhado às autoridades, a polícia apenas ordenou que a Reitz cuidasse dos ferimentos dos animais. A organização defende que o único caminho para evitar situações como essa é abdicando do consumo de laticínios, já que não há justiça para esses animais quando eles são submetidos a algum sistema naturalizado de exploração.

“Cada pedaço de queijo representa uma vida de miséria para as vacas em instalações miseráveis como a Reitz Dairy Farm”, disse a vice-presidente da PETA, Tracy Reiman, acrescentando que o ideal é que as pessoas busquem por opções à base de vegetais.

Procurado por diversos meios de comunicação para comentar sobre a denúncia, Lloyd Reitz declarou apenas à agência Associated Press que não tinha nada a dizer sobre o assunto.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com